O dia do seu casamento

lanawedding.jpg

Você pode ler ao som de I wont give up

A porta se abriu e a visão era tão perfeita que eu nem ousaria piscar pra não perder nenhum segundo. Você estava linda como eu conseguia me lembrar. Apesar da luz do sol que brilhava atrás de você, pude ver perfeitamente os traços marcantes e os olhinhos puxados que eu conhecia bem como um céu escuro antes da tempestade, mas que por hora transmitiam apenas a serenidade no olhar de quem sabe que caminha rumo a uma única certeza. Olhos que me fitavam de longe e iam se aproximando a cada passo lentamente calculado ao som de I wont give up. Aquela que viria a ser a nossa música.

Seus cabelos longos e negros, levemente ondulados nas pontas como na primeira vez que te vi. O sorriso era largo mas, desta vez, era de felicidade e não de embriaguez. Felicidade que não cabia no peito, que transbordava da sua alma, que brilhava nos olhos e deixava clara a sua pressa em chegar apesar dos seus passos lentos. Seus passos eram firmes e decididos. Passos de alguém que sabia exatamente o que queria e o que estava fazendo ali, mas que preferia prolongar ao máximo cada instante até o encontro, apesar da curta distância entre os dois olhares .

A atenção estava toda voltada pra você naquele momento, era como se todo os olhares estivessem enfeitiçados com a sua beleza. Os meus olhos fixos em cada passo seu desejando que cada segundo passasse mais depressa pra não ter nenhuma chance de desistência. Sonhos, desejos, momentos hora bons, hora ruins.  Turbilhão de sensações. E um filme passando pela minha cabeça ao mesmo tempo que ao fundo tocava aquela música, a nossa musica. Enquanto eu me lembrava como em uma retrospectiva do primeiro olhar. Primeiro beijo. Primeira briga. Primeiras, infinitas e ultimas despedidas. Do medo que senti quando te perdi de vista. De tudo que passei quando você me deixou. Nada agora tinha importância no dia mais feliz que alguém poderia sonhar em viver. No momento mais feliz da sua vida, o coração batia depressa no peito ao finalmente chegar perto ao ponto de conseguir sentir o seu cheiro tão familiar. 

Seria tudo tão perfeito se você tivesse me amado de verdade em algum momento para ter sido a sua escolha, mas apenas assisti pelos olhos de quem agora teria o seu verdadeiro e sincero “Eu te amo”. Como um espectador eu apenas observava tudo de longe com vontade de correr até lá e te roubar pra mim, resgatar todo o amor que um dia existiu ali. Seria tudo tão perfeito se fosse eu a estender a mão para te receber. Seria tudo tão perfeito se você não estivesse realizando com outra pessoa tudo o que sonhei em viver contigo. Seria tudo tão perfeito se nada disso fosse real e não fosse outro alguém a segurar a sua mão no altar.

E tudo não passou de um sonho.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s