E se chovesse amor?

casal

Leia ao som de KYLE – Raining Love

Terça feira cinza na selva de pedra com aquela chuva fina típica da terra da garoa. Daqueles dias que começam com tudo dando errado, com direito a topada com o dedinho do pé, ônibus que não chega,  transito caótico e claro um atraso descomunal daqueles que te fazem praguejar o mundo sem perdão. Enquanto observava pela janela através das gotículas de água, eu via pessoas com seus guarda-chuvas de um lado para o outro andando apressadas e preocupadas em chegar ao destino sem se molhar. No meio desse caos, alheios a tudo que acontecia à sua volta, um casal se beijava de forma apaixonada debaixo da chuva em meio a carícias e sorrisos na porta de um prédio com uma fachada bem maltratada. Não sei se chegavam ou saiam,  só sei que eles não precisavam de mais nada naquele momento, apenas um do outro.  Aquela cena me inundou de esperança e com certeza mudaria de pronto a opinião de quem escreveu que não existe amor em SP. Existe sim, muito amor em qualquer lugar, mas só os atentos o suficiente conseguem perceber que ele está nas pequenas coisas. O amor reside nos detalhes. E se chovesse amor? Se caísse amor do céu você abriria o guarda-chuva ou mostrava o coração?

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s