Vem aqui que eu costuro esse coração pra você

coração

Leia ao som de Overlock

Nós passamos invisíveis uns pelos outros, assim como muitas vezes não os enxergamos também. Algumas vezes até procuramos saber o nome, mas não a história e a qualquer sinal de profundidade – qualquer coisa que passe da porta de entrada – é interpretado como perigoso demais para nossa sanidade para ser levado adiante.

A verdade é que mesmo com tantas formas de conexão, cada vez mais eficazes, as pessoas tem um medo cada vez maior de se ligarem às outras. De se doarem. Enquanto a vida vai e vem vamos deixando pedaços de nós pelo caminho e carregando com a gente os pedaços de outras pessoas que conhecemos ao longo da nossa estrada. Muitas vezes brincamos com o coração de alguém, outras tantas encontramos alguém que brinca com o nosso também.

Colecionamos momentos, lembranças, sensações, manias e características que vamos somando a nós e assim construindo nossa colcha de retalhos. No fim da linha somos como um amontoado de pedaços. Feios, sofridos e quebrados. Não mais nos reconhecemos na nossa própria essência. Somos como Frankstein sem identidade definida, em busca de algo que nos traga de volta a vida.  Um monte de ossos quebrados e procuramos incasavelmente por alguém que junte nossos cacos perdidos por aí, que nos reconstrua e nos reconforte. Alguém que não tenha medo do monstro que nos tornamos pelo sofrimento.

Queremos tanto ser auto-suficientes e gritar aos quatro ventos que não precisamos de ninguém para ser feliz, tudo isso por conta de uma cultura de “não apego” que nos disseram que devíamos seguir e que estragou toda uma geração, quando na verdade só o que queremos é ter alguém que nos olhe nos olhos e diga: Vem cá, não tenha medo porque eu também não tenho. Vem aqui que eu costuro esse coração pra você, eu remendo seus pedaços nos meus e construo uma nova história pra nós dois.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s