A verdade sobre nós

sombra

Leia ao som de Good to You

Revirando as minhas coisas encontrei aquele chaveiro que compramos naquela feirinha de rua lembra? Lembra do parzinho que não se beijava? Lembra como rimos indo contra a “lei da natureza” deles? Lembra que nos perdemos no metrô porque a gente não conseguia prestar atenção no caminho? Me perguntei se você ainda tinha o seu ou se tinha jogado tudo fora quando desistiu de nós, quando me excluiu da sua agenda, das suas redes sociais e da sua vida. Será que você ainda lembra? Me perguntei se um dia aqueles chaveiros se encontrariam de novo. Daí veio tudo à tona. Amor, tristeza, saudade. Tudo junto. Quando a gente acha que não tem mais lágrimas, eis que elas surgem do nada. Um soco no estômago doeria menos.

Me lembrei de você, de nós e de como a gente foi feliz naqueles dias. Pensei na verdade sobre nós. Será que foi tudo verdade mesmo ou apenas um daqueles sonhos bons que a gente torce pra ser verdade? Será que você me amou de verdade ou isso também foi invenção da minha mente sempre tão criativa? Pensei sobre todo o tempo que eu passei tentando me enganar que eu conseguiria te esquecer. A verdade é que eu ainda espero as suas mensagens de boa noite, o seu abraço, a sua volta. Não consegui dormir.

Sabe, eu queria acreditar em meus próprios textos quando digo que você passou e que não faz mais diferença se você está aqui ou não. Queria ser como essas pessoas que mentem tão bem ao ponto de acreditar nas próprias mentiras. Queria acreditar em minhas próprias palavras quando digo para os amigos que já te esqueci e que você não faz mais tanta falta assim… Queria acreditar nos meus falsos sorrisos quando finjo que estou bem pra ninguém perceber que o único motivo da minha alegria é você.

Seria tão mais fácil se a gente pudesse simplesmente tomar uma pílula do esquecimento que apagasse de uma vez por todas alguém de dentro da gente, né? A verdade é que passei dias, semanas e meses tentando de esquecer. Tentando ocupar a minha mente, a minha vida e o meu coração em vão. A verdade é que nunca fui boa em fingir sentimentos e você sabe muito bem. A verdade é que os meus dias são cada vez mais cheios, só que as minhas noites continuam sempre vazias. A minha vida continua vazia sem você. A verdade é que eu tento ser forte e segurar o choro cada vez que penso em nós e que ninguém sabe, mas quando estou só as lágrimas rolam rebeldes pelo meu rosto enquanto o coração chora de tanta saudade.

A verdade é que eu voltaria pra você agora e largaria tudo se você me pedisse. Eu lutaria contra o mundo inteiro por você. A verdade é que eu ainda te amo como ontem e vou continuar te amando amanhã também. Essa é a verdade. A verdade é que seria muito mais fácil te esquecer, mas não dá pra simplesmente apagar alguém de dentro da gente. A verdade é que eu ainda espero as suas mensagens de boa noite, o seu abraço, a sua volta. Um soco no estômago doeria menos. Não consegui dormir.

biome

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s