Não sou obrigada a ser tachada!

roda

NOSSA que mulher mais rodada! É puta!  Disse um mal informado e ignorante qualquer, ou então, faz que nem um idiota que pega uma plaquinha e escreve “Não quero mulher rodada”. Ok, querer ele tem direito de querer o que quiser, mas agora, precisa fazer assim? Mesmo?  Pode querer amigo, mas tornar público sua ignorância e preconceito não né? Essa é a atitude de um cara que segurou uma plaquinha dizendo “Não quero mulher rodada” e gerou muitas revoltas na internet por isso, inclusive um grupo de meninas que decidiram dizer algo a mais sobre isso criando um tumblr sarcástico e super engraçado chamado “Mulher Rodada”  fazendo uma sátira mostrando GIF’s de mulheres rodadas, literalmente, e ironizando a atitude do moço da plaquinha, aquele ignorante e ridículo moço.

gira
Essa semana feminismo virou top nos debates, principalmente depois do super mega e escandaloso debate entre Pitty e Anitta. Começou com um” A mulher deve se dar ao respeito” de Anitta e terminou em gargalhadas nas redes sociais querendo entender essa frase e a Pitty com suas patadas e dizendo que “Homens não tem que achar nada” e também que as mulheres ainda não tem o mesmo direito com “Quase não é lá” assista aqui a discussão. Tirando minha própria opinião sobre isso de lado, parece que isso repercutiu outros assuntos para a superfície como a desse cara descrito a cima.

pittyanitta

Para mostrar minha indignação com essa sociedade machista e ignorante que INSISTE em achar que mulher é produto e pode reclamar do defeito e fica por assim mesmo, aqui segue um texto de uma blogueira que achei FANTÁSTICO!

“Olha, sinceramente, homem que fica encanado com a vida sexual pregressa da namorada precisa tomar surra de frigideira pra deixar de ser besta. O mais engraçado é que os machos rodados se acham os Tiger Woods do sexo (acertam o buraco cada vez com mais distinção), mas as mulheres viram roupa comprada em brechó? Ah, faça-me o favor. Dou o que é meu e ninguém tem nada a ver com isso. E, aliás, o número de pessoas que passaram pela minha cama não te interessa, não altera a BOVESPA, nem a minha personalidade ou valor. Muda, isso sim, a experiência. O que é, ao meu ver, ótimo: ter referencial é algo valiosíssimo nesses dias de propaganda enganosa… Mas, veja bem: dar pra quem quiser não significa passar o rodo no time de basquete inteiro ou em toda sua turma de amigos, não. Isso é falta de respeito consigo mesma. Porque, como disse Leila Diniz a um babacão que, depois de tomar um sonoro fora, a chamou de vagabunda: “Querido, eu posso dar pra todo mundo, mas não pra qualquer um”.

Veja mais do texto aqui no Blog Na pimentaria.

Agora, vamos combinar uma coisa, hipocrisia é feio ok meninas? Se querem dar para todos, ok, como eu falo o corpo é de vocês mas vamos ser sinceras vamos?  Esse papo de ser quem você quiser e querer pedir valor para pessoas que não pensam como você é HIPOCRISIA! Admita quem você é, quer ser o que quiser e quer fazer o que quiser ok, mas saiba que vão tachar mesmo, vão falar mesmo e o certo é assumir o que faz por que você PODE, você pode ser quem você quiser, você pode falar o que quiser mas a via é de duas mãos, concordo que homens não tem que opinar coisa alguma, somos mulheres e devemos nos vestir como quisermos. Porém,  devemos assumir como homem e mulher o que fazemos e o que queremos. Essa pelo menos é minha opinião.Para fechar o texto, por que não rir um pouco né?
Fala ai Pitty que eu te apoio!

pitty

Quer ler mais textos da autora? Clique aqui.

biode1

Anúncios

One thought on “Não sou obrigada a ser tachada!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s