Quando me vi nos seus olhos pela primeira vez

Imagem

Leia ao som de Ellie Goulding – How Long Will I Love You

 

O que você foi pra mim? Durante muito tempo, talvez tenha sido meu único grande amor. Não conseguia olhar pra mais ninguém, por mais que eu tentasse. Eu respirava você. Eu aspirava o dia em que a gente formaria um casal de verdade. Mas foi tudo tão errado, tão intenso… Foi um amor de verão que nunca deu certo. Não viajou o morro, não subiu as montanhas. Ficou no céu, pairando sob nossas cabeças, fazendo planos que nunca existiriam. Por muito tempo você foi o único que eu quis com todas as minhas forças. O único que eu voltaria sempre, sem nem pensar duas vezes. E mesmo com as tantas idas e vindas, eu ainda te aceitava de braços abertos. Porque pra mim, nosso amor era tudo. Me fez crescer com uma base, entende? Eu tinha meus treze ingênuos anos quando te conheci e quando você me fez conhecer tudo o que eu podia sentir. Talvez eu tenha que te agradecer por isso até. Foi você quem despertou o que há de melhor em mim. E foi você que me ensinou que amar é enlouquecer e fazer as coisas que só o coração sabe que podem dar certo. Eu fiz de tudo por nós dois. Eu lutei contra todas as expectativas e o tempo. Os anos se passaram e eu mantinha em mim tudo o que me lembrava de você. Eu fazia da dor da separação, o remédio pras minhas lembranças. Porque, se doía, era por você ainda estar lá, junto comigo. Assim como eu, você também sentiu. Você também correu atrás, fingiu que não sentia, beijou quem não tinha nada a ver, procurou-me em outras, disse que nosso amor ultrapassaria o tempo e que ninguém nos deteria. Mas algo muito maior nos deteu. A realidade, entende? A gente queria crescer naquele mundo de conto-de-fada que criamos um pro outro quando a gente se conheceu, pra sempre. Queríamos ter toda aquela magia do primeiro olhar e do primeiro beijo e perdurar o que sentimos pro resto do tempo. Mas acabou com ele mesmo, porque o tempo não dá chances. Ele leva, ele corrói e reconstrói coisas que não podemos mais fazer ficarem diferentes. E quando amadurecemos e nos reencontramos de novo, não havia mais nada. Nos forçamos à ter a mesma coisa de anos atrás, mas tudo o que sentíamos era o esforço que nós dois estávamos fazendo pra que desse certo. E isso era magoar algo muito maior que nós. Hoje eu entendo que tudo o que eu senti, foi a coisa mais verdadeira até agora. E que vai morrer comigo, porque você foi meu primeiro amor, mas que isso passou e me ensinou que cada pedaço de mim que ficou em você, era seu e só seu. Assim como os teus pedaços que ficaram em mim. Eu ainda lembro do seu abraço e da sua voz no meu ouvido. Ainda lembro da nossa música e dos nossos momentos. Foi único e sempre será. Vou deixar estar. Mas sei que tudo não passou de uma tentativa durante os anos de tentar reproduzir o que nós sentimos no primeiro instante. E aqueles cinco segundos em que tive o prazer de fazer meu coração voltar pro seu em outras vidas, eu nunca vou me esquecer. Por hora digo que tudo valeu à pena. Todas as lágrimas, todas as dores e tudo o que eu passei pra estar ao seu lado. Mesmo que no fim, nós dois tivemos que nos separar e parar de nos falar. Se eu pudesse, faria você ler tudo isso, mas nem assim você entenderia o quê você foi pra mim. Você foi algo muito além de importante. Você foi meu primeiro amor, meu primeiro beijo de verdade, meu primeiro sentimento e a primeira dor que eu me agarrei pra sentir o quanto era real. Eu te amei, e você me fez sentir um pouco do que sou capaz. Eu te agradeço por isso. Te agradeço pelos seis anos de um amor louco, doentio e apaixonado. Eu nunca deixei de acreditar, e isso eu te falaria se você pudesse me escutar agora. Nunca deixei de acreditar em nós dois, nem por um segundo. Nosso amor foi maior que nós dois juntos e mesmo que agora não passe de uma lembrança do fim de um sorriso, sei que vamos nos reencontrar de novo. Mas agora, mais velhos e mais sábios. E não vamos tentar mais esgotar nosso amor que é eterno. Só vamos aceitá-lo e brindarmos por tudo o que fomos em alguns segundos inesquecíveis.

Imagem

Para mais textos da autora CLIQUE AQUI

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s