FAZ TODO SENTIDO CHOVER

Imagem

Leia ao som de Bruno Mars – It Will Rain

O vento soprando; os pássaros que voavam baixo e as folhas e galhos das árvores balançando com força; eram sinais. Nas ruas as pessoas abriam seus guarda-chuvas, tentavam se abrigar sob toldos ou corriam para se esconderem em suas casas. Eu corria para o lado contrário. Eu sempre corri para o lado errado, não bastava andar fora dos trilhos, ainda tinha que ser na contra mão.

E eu sorria.

Ao redor, toda aquela água tornava mais fascinante as luzes noturnas. Os faróis dos carros e semáforos, em tons brilhantes e esfumaçados me encantavam; mas ninguém mais parecia notar. Todos fugiam para se proteger e eu também fugia para nos proteger. Me lançava noite adentro para algum lugar diferente. Sempre eram lugares diferentes, em horários diferentes, em noites diferentes. Igual mesmo, apenas você, eu e a chuva.

Era a nossa noite e nas nossas noites sempre chovia.

Jornais e vozes declaravam os problemas que se iniciam junto com a chuva. Mas confesso que eles passavam desapercebidos por mim enquanto saltava poças d’água, pulando quase no ritmo das batidas do meu coração. Uma espécie de música silenciosa com uma dança engraçado. O mais provável seja que aos olhares alheios eu soasse como uma estúpida embriagada brincando com água.

E eu sorria.

Não prestava nenhuma atenção a isso. Sequer me importava com a maquiagem e penteado que eu fazia com tanto afinco apenas para que seus olhos me achassem bonita. Eu deixava as gotas escorrem meus cabelos, molharem a boca, meu batom e meu sorriso de satisfação. Eu ia ao teu encontro, e até chegar no destino, a felicidade transbordava de dentro do meu peito. Nas nossas noites; nas nossas noites de chuva, garoa ou tempestade; eu corria, eu saltava, eu dançava, eu ia e ia e ia … Eu caminhava para você.

Ao chegar, te procurava tímida com os olhos, te observava alguns minutos escondida,e ficava ali te admirando enquanto acendia um cigarro. Eu precisava de algo para segurar nas mãos como quem busca um equilíbrio, e tragava a fumaça como quem busca nisso alguma calma. Bem, eu buscava. Quando não podia mais conter a vontade de te dizer ‘oi’, eu surgia na sua frente, tentando esconder meu nervosismo; não importava se aquele já fosse o trigésimo encontro, do primeiro ao último, eu sempre fiquei nervosa; criava uma pose para disfarçar minha empolgação e também meu desalinho, toda bagunçada, toda molhada.

E você sorria.

Teus olhos maliciosos e risonhos ao me encarar deixavam claro o meu não sucesso em tentar usar a fantasia de tranquilidade que nunca coube no meu manequim, especialmente encharcada. Você se aproximava devagar e seguro, me beijava e me abraçava; eu tremia. Tinha o costume de ensaiar uma resposta para aquilo, dizendo que era frio, caso você perguntasse … Mas você nunca perguntou. Não, você sabia. Ao invés disso, você me apertava mais nos seus braços e gentilmente tirava alguns fios de cabelo molhados do meu rosto. – Faz todo sentido chover. – Você me dizia nessas noites.

Sim, fazia … Parecia fazer. Eu pensava em te ver e ela caía, hoje ela cai e eu penso em você.

Dessas noites de promessas mudas e esperanças infinitas, só o que permaneceu foi a chuva. Ela ainda cai, as pessoas ainda fogem e eu ainda corro para o lado errado. Mas agora nessas noites eu corro para o lado contrário de você. A chuva que cai hoje sobre mim leva embora nossos segredos desses encontros que o vento traz. Quando cessa ; a brisa leve que paira no ar, o céu se abrindo e as estrelas que surgem mais brilhantes; todo um espetáculo me embala, ainda parada em algum lugar diferente. Não mais apenas com o corpo molhado, mas também com a alma lavada. E eu sorrio. Sim, sorrio ao recordar, porque aqui do meu lado de fora dos trilhos e na contra mão, ainda faz todo sentido chover.

Imagem

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s