Por favor, fica?

fica

LEIA AO SOM DE JASON MRAZ – I WON’T GIVE UP

Saiu mais uma vez pisando alto e, aos gritos, jurou que nunca mais colocaria seus pés ali novamente. Lá estava ela, parada no corredor. Mil pensamentos invadiam sua mente naquele momento enquanto decidia se girava ou não a maçaneta da porta que, tantas outras vezes, escancarou sem nenhuma delicadeza. Aliás, esse nunca foi o seu forte. Gostava mesmo era de fazer bagunça. De fazer alarde. De fazer a diferença. O que estou fazendo aqui? Pensava ela. Seu conflito interno ia da vontade de entrar e a vontade de sair correndo. Sou muito idiota mesmo! Pensou alto e riu. Riu porque soube que não tinha mais volta, nem fuga, nem escapatória, muito menos orgulho que a fizesse ir embora. Respirou fundo. De que adiantaria fugir do que já está dentro, enterrado bem no  fundo do coração?

Ela o amava e por mais que tentasse negar ele sabia e sentia. Podia sentir a respiração dela hora lenta, hora rápida e ansiosa. Do  seu quarto conseguia ouvir as batidas rápidas do seu coração. Num salto, saiu da cama e foi em direção à porta da sala, que tantas vezes abriu para encontrar o sorriso mais lindo de todo o universo. Aquele sorriso largo como uma lua crescente e aquele olhar curioso que mudaria completamente sua forma de ver o mundo.Não poderia imaginar esse mundo agora sem a razão de acordar feliz todos os dias. Já esperava em frente a mesma porta, que outras tantas vezes também pôde ouvir batendo atrás dela em seus acessos de raiva.Ah Aquela moça, toda contradição, toda indecisão, toda fúria e coração.Quando não conseguia o que queria, chorava. Hora me queria hora me mandava literalmente à merda sem passagem de volta. Nunca sabia o que queria, mas eu sabia que a queria. E como queria. Então abri. Ela ainda segurava a maçaneta firme e mal pôde se mover.  Aqueles olhos conseguiam qualquer coisa de mim, pois conseguiam ler bem no fundo da minha alma.

_ O que você quer? Perguntou ele mas querendo dizer: Entra e fica pra sempre?

_ Nada, só estava passando e… *a voz dela mal saía.

_ Então é isso? Assim que acabamos? Uma história sem final?

_ Somos parte um do outro e não conseguimos viver assim só de metade.

_ Por isso está aqui? Veio buscar a outra metade?

Ela Respondeu aos risos de nervosismo.

Como se conseguisse ler todos aqueles pensamentos, ele disse: Entra, fica. Tá chovendo e você não vai conseguir ir embora mesmo. Então fica? Pediu, numa espécie de oração. E sem dizer mais nada, a pegou pela mão e trouxe pra dentro, pra perto do peito. Preparo um chá pra você, te conto histórias pra te acalmar, te coloco pra dormir. Vou te dar tudo o que quiser. Mas fica um minuto, uma hora, uma noite. Fica a vida inteira. Bagunça minha vida, vira meu mundo de ponta cabeça. Pois ao seu lado, mesmo tão confuso e bagunçado é o meu lado certo.

abraço

Sabia exatamente o que fazer pra me convencer, aquele olhar de quem pede colo, aquele abraço de urso que me me roubava o fôlego tantas vezes, não me deixaria sair nem hoje, nem nunca mais. Não sabia o que dizer, nunca soube. Só pude sorrir. De alegria, felicidade e alívio. De saber que tudo voltaria ao normal, ao seu lugar. Ao meu lugar. Tudo junto e misturado num turbilhão de sensações. E ficaram ali, naquela cama de solteiro onde mal cabia um corpo inteiro, mas cabia um amor sem tamanho. Os corações batiam num único ritmo. A luz da lua entrava pela janela e a sombra das gotas de chuva faziam milhões de pontinhos no rosto dela. Não sabiam quanto tempo iria durar aquela calmaria, mas enquanto ela não passasse, aproveitariam cada segundo ao lado um do outro. E era fácil ler os pensamentos de ambos naquele momento: “Estar contigo me trouxe a paz que sempre busquei em tantos outros lugares e só encontrei no brilho do seu sorriso, pois só assim consegui chegar um pouco mais perto do que costumam chamar de paraíso”.

 

Imagem

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s